quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Todo Mundo Já foi Criança Um Dia.


Toda criança já brincou de “pique - esconde”. Um grupo escolhe por sorteio quem vai ser o “pegador.” Este, então, fecha os olhos e começa a contar até dez, enquanto os outros se escondem. O primeiro a ser encontrado será o novo “pegador”. E a brincadeira continua.

A sensação de estar sendo procurado é muito emocionante. A criança fica quietinha, respira com cuidado, evitando fazer qualquer barulho ou movimento para não ser descoberta. E o mais gostoso é quando a gente tem um lugar secreto, que ninguém sabe onde é, e não pode nos achar ali. E é lá que a gente sempre se esconde.
No quintal dos nossos vizinhos, havia um enorme pé de abacate, com galhos grossos e baixos. Era lá o meu esconderijo, entre os galhos, junto ao tronco. Nós brincamos muitas vezes de “pique - esconde” ali, e eles nunca me acharam. Eu nunca lhes contei onde eu me escondia. Nas batalhas da vida, precisamos ter um esconderijo fiel, que, de fato, nos resguarda do mal e da tentação: o coração do próprio Senhor. Devemos sempre ir até Ele, ouvir a sua doce e forte voz a nos ensinar através da sua Palavra. Temos de habitar ali; e não apenas procurá-lo nos momentos de perigo e tribulação.

Nossa morada é o coração do Pai. Quer lugar melhor e mais seguro?Escondo-me em teus fortes braços. Abrigo-me do temporal, Do furor de todo o mal. Encontro vitória total Na luta do dia-a-dia, Na escuridão da noite fria, Na enfermidade, tribulação, Posso entoar suave canção
Pois em ti escondo o meu coração



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário